quarta-feira, dezembro 19

ADEUS MEU AMIGO


Negão, meu grande amigo e companheiro, você tornou meus dias na Terra muito melhores.
Siga seu caminho em PAZ e que São Francisco lhe receba e lhe dê todo o carinho que você merece. Diga a Tuta, ao Tomzinho, ao Dido e tantos outros que estiveram por aqui que sempre me lembro deles.
Jamais lhe esquecerei.
Fica em Paz meu menino, meu filho.
Te amarei eternamente.
Da sua mamãe Vera

Presente da Ly Sabas para mim e para o Negão:

Negão

e ele se foi assim
com seu olhar meigo
seu jeitão carinhoso
e ele se foi...
pra junto de outros iguais
abanando a alma de felicidade
por ter deixado a casca de dor
por ter gerado só doce saudade...

Ly Sabas
19.12.07

5 comentários:

parla marieta disse...

Vera, fiz uma homenagem pro Negão no meu bloguinho.
Estou triste, mas a vida dele foi intensa e feliz, e ele está no céu.
te amo

Noemia Púrpura disse...

Vera, querida, com certeza ele foi embora deste planeta feliz, por ter tido voçe como mãe.
um beijão
cema

Lillyando disse...

Ô, Verinha...console seu coração...no céu dos cachorrinhos, São Francisquinho já o tem nas mãos! Ele foi tão amado, tão querido, tão bem tratado pela 'mãe' Vera que a alminha dele transmitia isso pelos olhinhos! Deixa ele passear agora na paz que o envolve através desse nosso carinho.
Beijos e abraços da mana daqui,
Lilly

mairy disse...

MEU ANJO CANINO

Existem pessoas que não gostam de cães,
Estas, com certeza,
Nunca tiveram em sua vida
Um amigo de quatro patas
Ou, se tiveram,
Nunca olharam dentro daqueles olhos
Para perceber quem estava ali.
Um cão é um anjo
Que vem ao mundo ensinar amor.
Quem mais pode dar amor incondicional,
Amizade sem pedir nada em troca,
Afeição sem esperar retorno,
Proteção sem ganhar nada,
Fidelidade vinte e quatro horas por dia?
Ah, não me venham com essa
De que os pais fazem isso,
Porque os pais são humanos
E quando os agredimos
Eles ficam irritados e se afastam...
Um cão não se afasta
Mesmo quando você o agride,
Ele retorna cabisbaixo
Pedindo desculpas por algo que talvez não fez
Lambendo suas mãos a suplicar perdão.
Alguns anjos não possuem asas,
Possuem quatro patas, um corpo peludo,
Nariz de bolinha, orelhas de atenção,
Olhar de aflição e carência.
Apesar dessa aparência,
São tão anjos quanto os outros (aqueles com asas)
E se dedicam aos seus humanos tanto quanto
Qualquer anjo costuma dedicar-se.
Em troca disso, o que lhes damos?
Abandono, crueldade, humilhação, dor, maus tratos...
Às vezes um humano veste a capa de anjo
E sai pelas ruas a catar alguns anjos abandonados à própria sorte,
E lhes cura as feridas, alimenta, abriga
Só para ter a sensação de haver ajudado um anjo...
Deus quando nos fez humanos
Sabia que precisaríamos de guardiões materiais
Que nos tirasse do corpo as aflições dos sentidos
E nos permitissem sobreviver a cada dia
Com quase nada
Além do olhar e da lambida de um cão...
Que bom seria se todos os humanos
Pudessem ver a humanidade perfeita de um cão!

mixi disse...

Ler essas mensagens, ao som dessa musica tão linda de Natal, me fez chorar de saudades dos meus bichinhos que já se foram:
Nick, Dick, Lady, Maradona, Belle, Rita e Chico.
Outros virão, eu sei, mas não vou abrir mão desse amor por dor nenuma no mundo!
Que a alegria de ser amada por um animal esteja sempre em nossas vidas!
Bjos
Marcia