sábado, maio 9

DIA DAS MÃES



Dia das Mães

Esse é o primeiro Dia das Mães que passarei sem ela.
É estranho, pois a separação é ainda muito recente.
Não estarei muito triste, apenas saudosa.
Foram vários anos que não tive sua presença física nesse dia,
Mas sempre pude falar ao telefone, eu sabia que ela estava lá.
Seu rosto mostrando o desenho da vida sofrida,
Suas mãos manchadas pelo trabalho de toda uma vida.
Seus cabelinhos brancos por tantas preocupações.
Sua boca já tão murchinha que tantos conselhos e palavras de conforto deu.
Seu olhar já perdido no horizonte por tantos sonhos e por tantas lembranças.
Seu coração cansado de tanto amor que ofereceu.

Então hoje eu quero comemorar esse dia com todas as mães.
Como mãe que também sou e junto dos meus filhos estarei,
Desejo a todas as mães do mundo um dia maravilhoso,
De Paz, Amor e muita alegria.
Que nossos filhos estejam ao nosso lado,
Mesmo que seja num telefonema,
Num e-mail, num torpedo, ou mesmo
Pulsando forte dentro do nosso coração.
E se você for apenas o filho,
Que possa abraçar forte aquela que lhe deu a vida,
Ou possa recordar docemente os bons momentos
Que junto dela passou.

E à minha mãe desejo o descanso na Paz de Cristo!
Que ela possa continuar nos olhando e cuidando sempre.

Feliz Dia das Mães!

Vera Vilela
10 de maio de 2009.

3 comentários:

iaiá disse...

linda homengaem minha amiga.
bj pra vc

Mariñaaa disse...

Não passou longe, pode crer. ;-)

Beijos

Anônimo disse...

Vera, estive aqui. :)
ENCANTANDO O TEMPO continua aconchegante e cheio de boas surpresas.
Saudades...
abraços
Naid Melo