quinta-feira, dezembro 11

ANIVERSÁRIO


ANIVERSÁRIO

Hoje é meu aniversário!
Nossa! Olha a casa dos cinquentinha chegando!
Estranho que não me sinto com tanta idade. Parece que décadas voaram, ou sumiram da minha vida.
Muita coisa boa aconteceu nesses últimos anos da minha vida, muita gente nova eu conheci, fiz bons amigos, me apaixonei algumas vezes, me decepcionei, mas me recuperei.
O importante é que eu vivi, e muito, nesses últimos 10 anos.
Algumas coisas ruins aconteceram também, mas de tudo sempre tirei alguma coisa boa para ter forças e recomeçar.
Tenho a sensação que vivi numa redoma durante anos e anos a fio.
Claro que a culpa foi minha em não assumir a direção da minha vida. Preferi ficar parada no tempo a lutar pelos meus sonhos e pelas minhas alegrias. Anestesiei-me e fiquei chorando mágoas sozinha no meu quarto.
Mas como tudo de ruim tem um fim, com a graça de Deus, muita terapia e vergonha na cara, consegui voltar à realidade.
Não foi nada fácil, foi dolorido, pedras e lágrimas rolaram. Um período de insegurança, medo do futuro, medo da solidão e tantas outras coisas que uma grande mudança nos traz, mas estou aqui, firme e forte, vivendo a minha vida.
Acho que os maiores presentes que eu poderia ganhar um dia, já me dei: FELICIDADE E LIBERDADE.
Hoje consigo ser feliz sozinha, adoro ter uma cama enorme só pra mim, um quarto, um banheiro, sem hora de dormir ou acordar, sem satisfações a dar pra ninguém, meus bichos todos a me fazerem companhia e dois filhos que amo eternamente além dos amigos maravilhosos que fui colecionando e sem os quais eu não mais vivo.
Claro que tem os momentos de solidão, de querer ter alguém do lado para conversar, receber um carinho, já teve dias que eu achava isso essencial para viver, mas hoje em dia isso é coisa rara. Na minha idade não se pode querer mais isso. Os homens, de uma forma geral, preferem as mulheres mais novas e aqueles que realmente se interessariam em ter um romance já estão com idade muito avançada, doentes e, sinceramente, eu não nasci para ser enfermeira, ou então são jovens demais e estão procurando uma mulher mais velha e com uma situação financeira estável para garantir seu futuro. Tanto um como outro não me interessam, como diz o ditado “Melhor sozinha que mal acompanhada”.
Se um dia aparecer, ótimo, se não aparecer essa pessoa, tudo bem, estou preparada para viver só, além do mais tem os amigos que estão sempre por perto.
Então é isso, hoje é dia somente de agradecer a Deus por meus 49 anos (não escondo idade) que têm sido muito bem vividos e cada dia melhor.
Hoje não terá bolo, docinhos, bebidas e nem mais nada, hoje é dia de faxina em casa e não fiz questão de mudar o dia da diarista, aproveitarei e farei uma limpeza nos pensamentos e sentimentos ruins.
Obrigada a Deus, obrigada filhos, obrigada amigos!

4 comentários:

Anônimo disse...

Verinha gostaria de dizer tantas coisas boas e bonitas a seu respeito mas de repente... vou resumir:....Te amo.Feliz aniversário!!!!madazé e Padipaulo bjus muitos bjus.

iara disse...

vc merece tdo de bom nessa vida e terá!
ti amu. bj!
e vc tá muito bem acompanhada por todos que te amam!

parla marieta disse...

Vera, essa sua carta aberta à nós, seus leitores, é uma verdadeira maravilha. Você colocou em palavras sentimentos reais. Com simplicidade e segurança. Eu te admiro cada vez mais.
Você é a amiga firme, corajosa, sensível, delicada, que enfrenta a vida, que tem força e que eu admiro demais.
Perdoe as minhas falhas como amiga, pois você como amiga eu diria ser perfeita.
Tem uma pequena homenagem pra você no meu blog.
Mas aguarde... terá mais.
te amo de muito de muito de muito.
Ermã

Ana Maria disse...

Bem que eu tive uma intuição que o seu niver estava perto...então entrei no blog e pimbá! Lá estava o encantador pedacinho de bolo!
Parabéns querida amiga, apesar de não nos conhecermos pessoalmente, sinto-me muito grata em ter a sua amizade, ler os seus escritos, e a-do-rei sua carta aberta! Que desabafo poético e sincero, carregadinho de emoções compartilhadas por nós mulheres independentes, separadas, e acima dos 45 anos. Sei que é um consolo besta, porém acredite-me, vc não está sozinha. Relacionamento está muito, muito difícil na nossa faixa etária. Acho entre tantas coisas que é o transe planetário!!! kkkkk
Enfim... Parabéns, muita saúde, paz, harmonia e luz na sua vida, hoje e sempre!.
Beijos carinhosos da amiga carioca.

Ps.: Em tempo, em 2009 (fev) faço 48 aninhos. Tb. não escondo a idade não...)